The Awakening of the Gods 1 (Book)

De Tibia Wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Green Book.gifOrange Book.gifBrown Book.gif

The Awakening of the Gods 1

Localização: Academia de Rookgaard, (
aquiMap (Colour).gif
X Mapa.png
), Biblioteca da Isle of the Kings, (
aquiMap (Colour).gif
X Mapa.png
), templo de Liberty Bay, (
aquiMap (Colour).gif
X Mapa.png
), Biblioteca de Dawnport.
Gênero: Histórico.
Autor: Desconhecido.
Descrição curta: A origem de Tibia.
Traduzido: Tick.png
Artigos relacionados: Uman, Fardos, O Despertar dos Deuses.

Texto Original:

In the beginning there was only the big gaping void. It was omnipresent and nowhere. Into this desert entered Fardos, the creator, and Uman Zathroth, incorporating magic. Nobody knows where they came from or whether they always have existed and just awaked from the deep slumber of the infinity. Fardos fulfilled by the need to create and give birth. He stepped into existence and began immediately with the act of the creation, because he was fully creative power and impatient. His godly powers emerged from him and created, formed. But all his works slipped out of his hands as the void was everywhere. No single work was to last. Everything that he devised dissolved in the void even before it was completed. Uman Zathroth regarded his undertakings thoughtfully, because Uman Zathroth was wise and fullfilled with magic powers and insatiable hunger for knowledge, comprehension and enlightenment. He was a creature similar and nevertheless different to the clear working of the Fardos, because mysteries and secrets were the aspects of his being. Uman and Zathroth were two entities and nevertheless one. Uman was the light, bright aspect of the magic strength. His was the gift to work benign wonders. Zathroth however, his different - dark - side, was corruptive urge, the vain self purpose of magic, destructive and a desecration! This entity, which was two and one nevertheless, observed now the works of his companion in infinity.


Tradução:

No princípio existia apenas o grande vazio. Ele estava em todo lugar e em lugar nenhum. Nesse deserto entrou Fardos, o criador, e Uman Zathroth, incorporando a magia. Ninguém sabia de onde eles vieram ou se sempre existiram e apenas haviam acordado do profundo sono do infinito. Fardos estava preenchido pela necessidade de criar e dar à luz. Ele passou a existir e imediatamente começou com o ato da criação, pois ele estava com total poder criativo e impaciente. Seus divinos poderes emergiram e ele criou, deu forma. Porém todo seu trabalho esvaíu-se de suas mãos assim como o vazio estava em todo lugar. Nenhum único trabalho era para resistir. Tudo o que ele planejou dissolveu-se no vazio mesmo antes de ser completado. Uman Zathroth estimou seus compromissos sabiamente, por que Uman Zathroth era sábio, repleto de poderes mágicos e de fome insaciável de conhecimento, compreensão e iluminação. Ele era uma criatura parecida e, porém, diferente ao claro trabalho de Fardos, por que mistérios e segredos eram aspectos do seu ser. Uman e Zathroth eram uma única entidade e, ao mesmo tempo, duas. Uman era a luz, aspecto brilhante do poder da mágica. Seu era o dom de fazer milagres benignos. Zathroth e seu lado negro, no entanto, era o desejo de corrupção, do uso em vão da mágica a seu propósito, destrutivo e desconsagrado! Essa entidade, que eram duas e ao mesmo tempo uma, observou agora as obras de seu companheiro no infinito.

Retornar para Academia de Rookgaard, Biblioteca da Isle of the Kings, Bibliotecas de Liberty Bay, Biblioteca de Dawnport.
The Awakening of the Gods 2 →

BibliotecasBibliotecas Bibliotecas
Cidades
Academia de Rookgaard
Bibliotecas de Ab'Dendriel
Bibliotecas de Ankrahmun
Bibliotecas de Carlin
Bibliotecas de Edron
Bibliotecas de Kazordoon
Bibliotecas de Liberty Bay
Bibliotecas de Port Hope
Bibliotecas de Thais
Bibliotecas de Quirefang
 
Diversos
Livros espalhados pelo Tibia
Fora de cidades
Biblioteca de Ashta'daramai
Biblioteca de Beregar
Biblioteca de Mal'ouquah
Bibliotecas do Green Claw Swamp
Bibliotecas de Dark Cathedral
Bibliotecas de Drefia
Biblioteca de Demona
Biblioteca da Desert Dungeon
Biblioteca do Dream Realm
Biblioteca de Formorgar Mines
Biblioteca do Hellgate
Biblioteca da Isle of the Kings
Bibliotecas de Meriana
Biblioteca de Mintwallin
Biblioteca de Nargor
Biblioteca da Paradox Tower
Biblioteca de Plains of Havoc
Biblioteca de Krimhorn
Biblioteca de Razachai


Ferramentas pessoais
Espaços nominais

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Biblioteca
Ferramentas